segunda-feira, 9 de outubro de 2017

BELIEVER

      Ainda mais nutrido que ontem, submergido nas veias dos anseios e desejos vindouros, o propósito pelo crescimento pessoal parece matar a sede de dores, frustrações e traumas passados no cálice da resiliência mental e consistência emocional do ego.



Um comentário:

  1. Olá ,

    Alexandre , Continue postando seus textos !

    Att,

    ResponderExcluir